As penalidades do GDPR que seu site pode receber hoje

20/04/2020 Off Por Sisley Soares
cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br



Este é um post de Marina Brocca, autor do blog marinabrocca.com. Marina também é especialista em proteção de dados e assessora empresas na estrutura legal de marketing e mídia social, além de palestrante e instrutor.


Pensar que um site pode ser sancionado por violação do RGPD parece parte da mitologia popular. Mas eu garanto que não é.

Passaram dois anos desde a entrada em vigor do Regulamento Geral de Proteção de Dados ou RGPD, muitos parecem ter esquecido o RGPD, mas o RGPD certamente não se esqueceu de nós, e as multas por sites não pararam de crescer, mesmo que você não as veja.

Hoje você vai descobrir os erros que podem comprometer seu site e sua reputação se você ficar de fora do GDPR e das sanções que o Agência Espanhola de Proteção de Dados (AEPD) está impondo a sites como o seu.

Você também aprenderá como pode evite receber uma dessas cartas que você nunca deseja receber.

O que você encontrará aqui?

Você pode adiar a legalidade do seu site?

Que seu site atenda aos requisitos regulamentares pode esperar.

Assim você acha.

E é que esse é um daqueles tópicos em que você prefere não pensar, que está saindo para outro dia, que espera ser resolvido sozinho, para ciência infundida. Um desses tópicos é destinado à caixa de tarefas com as quais você não deseja se preocupar.

Eu sei, porque questões de conformidade dão preguiça e à primeira vista, pouca recompensa, então deixamos por um dia tolo, se vier.

E isso é muito mais pronunciado em ambientes digitais em que as prioridades são diferentes: ter visibilidade, posicionamento, obter leads, converter, mas, acima de tudo, existe o crença falsa que não existem leis na Internet, acompanhadas de perigoso sentimento de impunidade oferecido por não ter que mostrar seu rosto.

Ou acredite que você não precisa dar.

Você deve saber que, para procrastinar com o cumprimento do seu site e suas estratégias, compromete a continuidade e a sobrevivência do seu negócio e da sua marca pessoal.

Isso acontece com frequência, tendemos a resolver o urgente em detrimento do importante.

E muito mais, se o importante não parece gerar vendas ou lucratividade, então o relegamos ao final da lista, por um tempo tolo ou quando não temos escolha.

Isso acontece com você?

Você está apagando incêndios e acaba sujeitando seus negócios a curto prazo, ou seja, está resolvendo o imediato e não o que é conveniente para você.

Leia Também  Qual é a intenção de pesquisa em SEO?

Assumir uma cultura de responsabilidade em relação ao tratamento das informações pessoais coletadas em seu site implica uma transformação da visão comercial que afetará todas as suas estratégias e, especialmente, seu site.

E que você deve assumir agora.

Neste post, não vou contar todas as alterações que você precisará incorporar ao seu site, porque há pouco tempo escrevi bastante sobre isso aqui, no Citizen 2.0, hoje é hora de falar sobre conseqüências de não aplicar essas mudanças o mais rápido possível.

Aqui você pode descobrir todas essas alterações e como adaptar seu site ao RGPD:

Eles vão sancionar um site normal como o meu?

Provavelmente, você nem se questionou:

Quem notará meu site se eu não fizer nada de estranho?

Quem vai denunciar um site normal como o meu?

Eles podem sancionar financeiramente um site?

E é assim que você configura seu site, sua página de destino e coleta dados de outras pessoas, coloca-os em seu funil, envia-lhes novas campanhas, segmenta-as, armazena-as, sem estar ciente a qualquer momento Cada um desses dados está sujeito a vários direitos que você não conhece e que não cumpre.

Então, você está fazendo todas essas coisas ignorando completamente seu próprio site e suas próprias campanhas eles estão te denunciando como ofensor.

E ser um ofensor significa ser sancionado.

Todos sites devem estar em conformidade com Lei de Proteção de Dados.

O seu faz isso ou você está se expondo a sanções…?

Como meu site pode receber uma sanção por violação do GDPR?

Fácil, o usuário entra em um site, identifica que não está em conformidade, faz algumas capturas e as envia para a sede eletrônica de reclamações telemáticas da AEPD.

Basta preencher um formulário e anexar suas capturas de tela.

O formulário de solicitação da Agência Espanhola de Proteção de Dados.

A agência recebe a reclamação, inicia as ações preliminares de investigação para esclarecer os fatos relatados e resolve, pode registrar, advertir ou sancionar, o fato é que, ao verificar o site, ele não é compatível, a agência se limita a Emita uma resolução como a que você verá abaixo.

A carta que você nunca gostaria de receber (mas poderia receber a qualquer momento)

Não, não se trata de colocar medo em seu corpo, trata-se de assumir o dever de conformidade do seu site.

Decidi que, para que algo pare de fazer parte de fantasia ou ficção científica, é melhor torná-lo real.

E é por isso que me dediquei a extrair algumas cartas, enviadas pela AEPD, de sanções reais a sites Tão normal quanto o seu ou o meu, para que possamos analisá-los e ver quais erros foram cometidos em cada caso e ajudar você a evitar cometê-los.

Deseja cumprir a Lei de Proteção de Dados?

Com estes simples modelos gratuitos Você terá os textos necessários para cumprir a lei em:

  • Seus formulários de contato.
  • Seus formulários de inscrição.
  • Seu comentário é formulado.

Obtenha seu eBook aqui

Junte-se ao nosso Área VIP e baixe seu eBook agora

É 100% grátis 🙂

Existem apenas 5 exemplos, dos mais típicos, para que você possa enfrentar as sanções.

Essas penalidades eles são públicosEles são publicados pela própria agência em sua página oficial e você pode consultá-los neste link.

A página de sanções da Agência Espanhola de Proteção de Dados.

Eu filtrei as sanções aplicadas às páginas da web, aquelas que achamos que não existem e que são um mito popular, e vou explicar como e por que elas acabaram em um arquivo de sanções.

Leia Também  A beira do abismo?

Sanção 1: não ter uma política de privacidade ou especificar o tratamento a ser realizado no formulário de contato

Primeiro exemplo de sanção.

Aqui está o link completo para a resolução

Mas, em resumo, a agência estabeleceu o seguinte:

“O réu violou os regulamentos sobre proteção de dados materializado na configuração inadequada e defeituosa da página da web em relação às informações oferecidas em termos de proteção de dados das pessoas acessadas e registradas, conforme indicado pelo reclamante, sem política de privacidade e aviso legal.

Além disso, o site XXXXXXXX, continha um formulário para coletar dados do usuário, sem fazer referência ao cumprimento do estabelecido em conformidade com o disposto no artigo 13 do RGPD mencionado acima, no sentido de determinar a identidade da pessoa responsável, os objetivos para os quais os dados são destinados e os direitos que a parte interessada pode exercer perante a pessoa responsável, etc.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Os fatos expostos são constitutivos de uma infração tributável alegada, por violação do artigo 13 da RGPD. ”

Sanção 2: não recolher o consentimento prévio nos formulários

Segundo exemplo de sanção.

Aqui o link completo para a resolução

Sanção 3: não ter uma política de privacidade, não identificar a pessoa responsável no aviso legal e não fornecer informações nos formulários

Nesse caso, a AEPD, ao inspecionar o site, confirma que:

  1. Não há evidências de uma política de privacidade.
  2. A identificação da pessoa responsável não é registrada.
  3. A criação de contas de usuário é permitida onde, entre outros, são coletados dados de nome, sobrenome, endereço de email e senha, além da opção de marcar “Receber ofertas de nossos parceiros” e “Inscrever-se na nossa newsletter de notícias ”.
  4. Há um formulário de contato no qual os dados do email e a mensagem são inseridos.
  5. Existem informações de contato, sendo exclusivamente um endereço postal, um número de telefone e um e-mail de contato.

Terceiro exemplo de sanção.

Aqui está a resolução completa

Nesse caso, a AEPD conclui que:

“Considera-se que a parte solicitada coleta dados pessoais de usuários que preenchem o formulário incluído no site *** WEB.1 sem fornecê-los, antes da coleta, todas as informações sobre proteção de dados fornecidas no artigo 13 do RGPD revisado.

De acordo com as evidências disponíveis no momento, de acordo com início do processo de sanção, e sem prejuízo do que resulta da investigação, os fatos expostos podem constituir, por parte do demandado, uma violação do disposto no artigo 13 da RGPD. »Nesse caso, impõe uma penalidade de € 1.500 à empresa.

Sanção 4: falta de política de cookies e sua guia pop-up informativa correspondente e não identificação da pessoa responsável

Quarto exemplo de sanção.

Aqui a resolução completa

O que a AEPD verifica:

Após consulta ao site reivindicado, datado de *** DATA 1, observa-se que o site não tem aviso sobre a instalação de cookies Nem política sobre eles, embora instale um cookie com o conteúdo do carrinho de compras no computador do visitante. Não possui um “aviso legal” e Você não pode identificar a pessoa responsável pelo site ou a pessoa responsável pelo processamento de dados devido à falta de informações a esse respeito.

Leia Também  Marketing Digital Não é Fácil

Sanção 5: não incluindo um link para a política de privacidade no formulário de vendas

Quinto exemplo de sanção.

O que a AEPD verifica:

Após consulta ao site XXXXXXX, de 21/10/19, observa-se que, para fazer um pedido dos produtos que anuncia, é necessário inserir os dados pessoais da parte interessada, sem qualquer tipo de banner ou link para o ” política de privacidade “da página.

O procedimento completo

Independentemente da legalidade: o preço da não conformidade

A questão é muito simples: se a matéria-prima da sua empresa, neste caso o seu site, são dados pessoais, você não sabe como gerenciá-lo adequadamente é um absurdo.

Ser um profissional digital implica que você é necessariamente, um profissional no gerenciamento de informações pessoais e isso não admite muito mais argumentação. É simples assim.

Além disso, é uma enorme oportunidade para expandir seus negócios e quebrar as posições de seus concorrentes.

Se você não apostar em transformar seu site e suas estratégias para adaptá-los à legalidade, será Estrangulando suas chances de crescimento e você lhes dá a chance de vantagem para seus concorrentes mais ciente dessa necessidade.

Você deve mudar o chip e presumir que a Internet não é o reino da anarquia, que as pessoas que confiam em você com suas informações merecem garantias, merecem transparência, maceram que seus direitos sejam respeitados.

E você merece que seu site seja percebido como um espaço seguro e profissional e, portanto, deve enfrentar essas mudanças internas que permitem enfrentar os novos desafios de demanda, tecnologia ou legislação.

Na sociedade da informação, a reputação é um favor essencial; estar fora dos ajustes exigidos pela legislação atual em relação à proteção de dados é apostar em sua marca, destacá-la, socializar seu prestígio, oferecendo excelência e profissionalismo.

E, finalmente, se você quiser sobreviver na sociedade da informação, não terá escolha a não ser assumir que a proteção de dados deve ser uma urgência e uma decisão urgente.

Como adaptar seu site e evitar essas penalidades facilmente?

Primeiro, faça uma autoavaliação gratuita com esta ferramenta:

Todos sites devem estar em conformidade com Lei de Proteção de Dados.

O seu faz isso ou você está se expondo a sanções…?

A coisa mais urgente que você pode enfrentar imediatamente com estes modelos gratuitos:

Deseja cumprir a Lei de Proteção de Dados?

Com estes simples modelos gratuitos Você terá os textos necessários para cumprir a lei em:

  • Seus formulários de contato.
  • Seus formulários de inscrição.
  • Seu comentário é formulado.

Obtenha seu eBook aqui

Junte-se ao nosso Área VIP e baixe seu eBook agora

É 100% grátis 🙂

E para que você possa dormir muito bem, você pode comprar os kits legais e fazer a adaptação completa do seu site com meus modelos.

Você deve escolher o Kit mais adequado ao seu site e seguir 3 etapas muito simples:

  1. Faça o download do Kit e preencha as informações solicitadas por cada modelo. Os modelos são modulares, permitem incorporar os módulos que você realmente precisa e descartar os que não são.
  2. Siga o Guia de implementação para saber como inserir os modelos no seu site.
  3. Você realiza a autoavaliação final para saber que tudo está correto ou entre em contato comigo para realizar uma auditoria de conformidade (este é um serviço adicional que você pode contratar com os modelos).

E com isso, você já pode desfrutar de um site 100% legal e isento de sanções 🙂

Publicações que devem ser visitados também:

https://multieletropecas.com.br/como-preparar-uma-estrategia-de-marketing-digital-eficaz-2/

https://testmygeekstuff.com/onpage-seo-vs-offpage-seo-qual-otimizacao-do-search-engine-e-mais-importante/

https://clipstudio.com.br/relacao-foto-x-video/

https://draincleaningdenverco.com/como-ser-um-empresario-empreender-um-negocio/

https://holidayservice-tn.com/saiba-como-melhorar-o-seu-escritorio-em-casa/

https://weeventos.com.br/instrucoes-roteadores-de-openwrt-20-e-openwrt-no-tp-link-wr703n-flash/

https://proverasfestas.com.br/promocao-de-conteudo-como-ser-notado-por-autoridades-relevantes/

https://coniferinc.com/ideias-de-marketing-para-a-empresa-brincalhao/

https://teleingressos.com.br/10-passos-para-uma-otimizacao-de-motor-de-busca-bem-sucedida/

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br